Visitas ilustres da área de saúde

No mês de novembro, recebemos aqui em Valinhos, no Hospital e Maternidade Galileo, o presidente mundial da Apollo, Dennis McWilliams, o vice-presidente da empresa na América Latina, Geraldo Barbosa, e o gerente de desenvolvimento na América Latina, Ricardo Corrêa. A Apollo é a fabricante do OverStitch, equipamento usado para fazer a Endossutura Gástrica – ou Gastroplastia Endoscópica Bariátrica.

Eles vieram acompanhar a realização de duas Endossuturas Gástricas, que tive o prazer de realizar junto com a minha equipe. A visita muito nos honrou porque Valinhos foi um dos três centros brasileiros que eles escolheram conhecer. McWilliams veio de Austin, Texas (EUA), especialmente para essas visitas. Ele também esteve na Faculdade de Medicina do ABC, que é o Centro de Treinamento do OverStitch no País. Ao final da visita, disseram ter ficado impressionados com a estrutura que encontraram por aqui.

Este reconhecimento é, sem dúvida, resultado de muito trabalho, sempre em busca de excelência e de oferecer tratamentos de ponta aos pacientes brasileiros. Há alguns anos, o Hospital Galileo vem oferecendo tecnologia avançada e buscando sempre ser referência médica e hospitalar. Tudo, claro, só é possível porque tem uma equipe engajada e sempre disposta a oferecer o melhor.

A Endossutura Gástrica é um exemplo disso. Valinhos foi uma das primeiras cidades do Estado de São Paulo a oferecer o novo tratamento para obesidade, que, apesar de ser realizado há alguns anos em outros países, chegou recentemente ao Brasil. Esta técnica consiste na redução do estômago através de endoscopia. Por isso, pode ser realizada apenas por médicos endoscopistas, em ambiente hospitalar. A Apollo comanda o treinamento de novos médicos pelo mundo afora.

Os especialistas brasileiros já treinados para este novo procedimento têm conquistado excelentes resultados e o reconhecimento da eficiência do tratamento, que é indicado, principalmente, para pacientes com obesidade grau 1, com IMC (Índice de Massa Corporal) entre 30 e 35.

Através do OverStitch, que é acoplado ao endoscópio, nós fazemos tipo de uma “prega” no estômago, que o reduz em cerca de 50%, fazendo com que o paciente fique saciado mais rapidamente. Por não ser um procedimento cirúrgico, a recuperação do paciente submetido à Endossutura Gástrica é mais rápida. Em poucos dias, ele retorna às suas atividades normais. O emagrecimento com esta técnica é de cerca de 20% do peso inicial, em dois anos.

Este tratamento é uma alternativa para os pacientes que, apesar de estarem acima no peso, não têm indicação para uma cirurgia bariátrica convencional, que exige IMC acima de 35 (com doenças relacionadas à obesidade) ou IMC acima de 40, sem necessidade de comprovar essas doenças. A cirurgia bariátrica já é bem conhecida em nosso país e vem sendo realizada cada vez mais. Para se ter uma ideia, o Brasil é segundo país do mundo que mais realiza cirurgias bariátricas. Recentemente, fui convidado para ministrar uma palestra sobre o assunto no Congresso Americano de Cirurgia Bariátrica, em Washington (EUA), onde pude falar um pouco mais sobre o trabalho que realizamos por aqui, há 17 anos.

Independentemente da técnica, pacientes que conseguem emagrecer ganham mais qualidade de vida, aumentam a expectativa de vida e, muitas vezes, se curam de diversos problemas causados pela obesidade. A Medicina tem evoluído muito, com técnicas cada vez menos invasivas. Felizmente, estamos em uma região onde há as melhores opções de tratamento para obesidade disponíveis.


 Dr Admar Concon Filho com Sr. Dennis McWilliams (Presidente Mundial da Apollo – empresa do OverStitch), Sr. Geraldo Barbosa (vice-presidente da Apollo na America Latina) e Sr. Ricardo Correa (gerente de desenvolvimento da Apollo na America Latina). acompanhando o procedimento ( da dir.para esq.)


Visitas ilustres da área de saúde

Orientações para pacientes de outros estados

Confira todo procedimento pré e pós operatório