Manometria Esofágica

Manometria esofágica é um procedimento que mede a força e a função dos músculos do esôfago – órgão que conduz o alimento em direção ao estômago. Além disso, é pré-requisito para realização do exame de phmetria esofágica de 24horas, uma vez que define o local para posicionamento da sonda de pHmetria.

Para sua realização é imprescindível resultado de exame de endoscopia digestiva alta recente (realizada há menos de dois anos);

 

Preparo para o exame:

  • Jejum de cerca de 8 horas (inclusive de líquidos); Em alguns casos, recomenda-se jejum mais prolongado (Ex. Pessoas com megaesôfago);
  • Não é realizada sedação durante o exame; aplica-se apenas pomada anestésica local na narina; Portanto não é necessário trazer acompanhantes;
  • Medicamentos de uso contínuo podem ser tomados com pequena quantidade de água, exceto medicamentos para diabetes, os quais devem ter sua dose ajustada por conta do jejum;
  • Suspender as medicações usadas para suprimir a acidez do estômago (exemplos: ranitidina, omeprazol, etc) 7 dias antes do exame; medicações procinéticas (domperidona, bromoprida e etc) devem ser suspensas 48 horas antes do exame e as medicações antiácidas (hidróxido de alumínio, hidróxido de magnésio e etc) devem ser suspensas 24 horas antes do exame

Como é feito o exame:

A manometria esofágica dura cerca de 20 minutos. Após uma das narinas ser anestesiada, é realizada a introdução de uma sonda flexível através desta narina pelo canal alimentar em direção ao estômago

A sonda é então tracionada e adequadamente posicionada. Para avaliação do esôfago são administrados 10 goles de 5ml de água com intervalos de 30 segundos entre eles. Após a aquisição do exame, a sonda é retirada e o paciente pode retomar suas atividades normalmente.

Quais são os efeitos adversos da manometria esofágica:

Trata-se de um exame  bastante seguro. Pode ser um pouco desconfortável no início, mas o paciente tende a se adaptar ao longo do exame. Entretanto, assim como todos os procedimentos podem ocorrer, em RARAS SITUAÇÕES, complicações, mesmo com médicos especializados e experientes e empregando-se os melhores cuidados. As principais complicações são: náuseas, vômitos, sangramento nasal, perfuração.

Indicações da  manometria esofágica:

Avaliar doença do refluxo gastroesofágico, dificuldade de engolir, dor torácica de causa não cardíaca, entre outras condições

Orientações para pacientes de outros estados

Confira todo procedimento pré e pós operatório

Aviso

Utilizamos cookies para melhorar a experiência dos usuários e os nossos anúncios. Ao navegar pelo site, você autoriza e concorda com a nossa política de privacidade