Enteroscopia assistida por Balão

O que é?

A videoenteroscopia assistida por balão é um exame em que o aparelho, similar aos demais endoscópios, é introduzido através da boca (via anterógrada) ou do ânus (via retrógrada) para o diagnóstico e tratamento de lesões do intestino delgado.

Preparo

Este exame está indicado nos casos de sangramento visível ou oculto não identificado através da videoenteroscopia por cápsula endoscópica, nas doenças inflamatórias ou do intestino delgado.

O método permite a realização de tratamentos endoscópicos como hemostasia do sangramento, retirada de pólipos ou dilatação de estenoses (redução da luz do intestino delgado). Este exame também está indicado quando a colonoscopia convencional for incompleta por dificuldade de progressão do aparelho.

Nos pacientes submetidos a cirurgias abdominais que modificam o trato digestório como, por exemplo, cirurgia bariátrica, a videoenteroscopia permite o exame e tratamento endoscópico de lesões localizadas nos segmentos não alcançados através dos endoscópios convencionais.

Procedimento

O aparelho é similar ao endoscópio ou colonoscópio, sendo mais longo. Ele desliza dentro de um tubo (ovetube) para auxiliar a progressão por todo o intestino delgado. O procedimento é realizado sob sedação, analgesia ou anestesia geral venosa para reduzir o desconforto e dura cerca de uma a duas horas.

Nos casos de introdução através do ânus, é necessário o preparo dos cólons através da ingestão por via oral de soluções recomendadas, de modo similar ao preparo para colonoscopia.

Riscos

Como nos demais exames endoscópicos, podem ocorrer náuseas, dor, vômito ou sangramento. Nos pacientes com cirurgia abdominal ou ginecológica, o exame pode ser mais difícil e/ou mais doloroso.

Pode ocorrer elevação transitória da enzima amilase após o exame. Embora raramente, podem ocorrer complicações como pancreatite aguda ou perfuração. No caso de perfuração, pode ser necessária cirurgia de urgência.

Em alguns casos, o exame pode ser incompleto ou necessitar ser complementado, através de novo exame com preparo dos cólons, por via retrógrada.

Orientações para pacientes de outros estados

Confira todo procedimento pré e pós operatório